Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]




Nesta quinta-feira dia 11 de agosto , às 22h35 (pelo horário de Brasília), tem início a lua cheia de agosto, conhecida como “lua cheia do esturjão”. 

Para quem não sabe, esturjão é um tipo de peixe, e a denominação dessa lua foi dada em razão da época em que esse animal é encontrado em grande quantidade e pescado mais facilmente nos Grandes Lagos da América do Norte, entre o Canadá e os EUA.

Começa nesta quinta-feira (11) a lua cheia conhecida como Lua do Esturjão. Imagem: Onkamon – Shutterstock


De acordo com o Old Farmer’s Almanac (Almanaque do Velho Fazendeiro), uma das publicações mais tradicionais dos EUA, a lua cheia de cada mês do ano tem uma designação própria. Em 2022, já tivemos seis luas cheias e, depois da Lua do Esturjão, temos mais quatro pela frente.

Eis o calendário das luas de 2022:

16 de fevereiro: Snow Moon (Lua de Neve)
18 de março: Worm Moon (Lua de Minhoca)
16 de abril: Pink Moon (Lua Rosa)
16 de maio: Flower Moon (Lua das Flores)
14 de junho: Strawberry Moon (Lua de Morango)
13 de julho: Buck Moon (Lua dos Cervos)
11 de agosto: Sturgeon Moon (Lua do Esturjão)
10 de setembro: Harvest Moon (Lua da Colheita)
9 de outubro: Hunter’s Moon (Lua do Caçador)
8 de novembro: Beaver Moon (Lua do Castor)
7 de dezembro: Cold Moon (Lua Fria)

Embora esse seja o nome mais popular, a Lua do Esturjão também é chamada de Lua do Arroz, designação dada pelo povo ameríndio Anishinaabe, em razão de agosto ser a época de colheita em suas plantações de arroz selvagem.

Lua de Arroz


A Lua do Esturjão de 2022 é uma Superlua?

Diversas publicações estão noticiando a lua cheia de agosto como a última Superlua de 2022. Vamos entender:



De forma bem simples e resumida, quando o nosso satélite natural chega à fase completa praticamente ao mesmo tempo em que sua órbita elíptica faz sua aproximação máxima da Terra – ponto chamado de perigeu –, costuma-se chamar o fenômeno de Superlua (termo que se originou entre os astrólogos no final da década de 1970).

“Mas, sem saber o quão perto a lua cheia precisa estar da Terra, não dá para cravar se esta ou aquela lua cheia é uma Superlua”, explica Zurita, que é presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (BRAMON).
Imagem-Reprodução/Vox


Segundo Zurita, até existem algumas tentativas de criar uma definição científica, completa e definitiva para o termo, mas é difícil chegar a um consenso, e talvez isso tenha algo a ver com ele vir da astrologia. 


Pela definição do astrólogo Richard Nolle, “pai” do termo, pode-se chamar de Superlua quando a lua cheia está a menos de 90% de sua máxima aproximação com a Terra, até 368.360 km daqui. Assim, como a lua cheia desta quinta-feira estará a pouco mais de 361 mil km do nosso planeta, sim, enquadra-se como uma Superlua.


De qualquer maneira, fica a dica preciosa do nosso colaborador: “Independentemente da forma como a chamamos, é um excelente momento para contemplar a Lua, seja a olho nu, seja através de telescópios, mas, preferencialmente, muito bem acompanhado de uma playlist da lua em todas as suas categorias!! É só clicar AQUI PARA ASSISTIR A LUA EM TAMANHO GIGANTE NA SUA TV! São 36 músicas!!



Biografia & Pesquisa

⭐️ Inscreva-se no meu Canal 👉 https://youtube.com/c/AdrianaHelena ↙️



2 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá! Obrigada pela presença! Com certeza você conseguiu ver a lua ontem, estava belíssima!!
      Boas vindas!

      Excluir

Deixe o seu comentário! Você é muito bem-vindo (a)!

Acompanhe-me no Instagram