Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


O SOM DA MINHA ALMA 


Em minhas andanças  por tantos lugares, seja a pé ou de bike, encontrei  flores, borboletas e beija-flores. Mas hoje um casal de passarinhos se portou bem diante de mim e  quase não acreditei... E tudo isso foi ao som da música que amo, afinal esse é o som da minha alma!


Seria mais um dia nublado, com uma leve chuvinha caindo ...Logo ouvi a música que sempre me acompanha nas pedaladas, pois me traz muita paz...
Afinal, chega um momento em que precisamos refletir sobre a vida e as vibrações que ela nos provoca... Por acaso vocês acham que alma tem som? Sim, ela tem...




Posso dizer  por mim que a minha alma, quando estou bem e feliz,  vibra e, a despeito de ser muito sutil, eu posso ouví-la. 😊


Minha alma tem uma energia pulsante que traz confiança aos meus sentimentos e me coloca no caminho da sabedoria interna...Ela que me dá a serenidade necessária para seguir em frente... 
Será que você consegue descrever o som da sua alma?

Deixe que a música vibre, sinta o auxílio, direcione por novos novos caminhos, transforme a vida ao seu redor... O som da música não está em um céu repleto de anjos que entoam cânticos inalcançáveis à nossa realidade. 
Não precisamos ir tão longe, este céu está no Ser, no Bem, em nosso interior, mesmo que em determinados dias o céu esteja nublado e o dia cinzento...As águas escuras do mar refletiam o peso das nuvens...Parecia a minha cabeça sofrendo naquele momento...

O mar do Atlântica Parque em um dia cinzento


Mas posso transformar com notas alquímicas o som para uma nova realidade, aumentando as capacidades de manifestar minhas verdadeiras intenções no mundo.
Posso dar vida a este céu interior, inspirá-lo a continuar vibrando em abundância e felicidade.


O SOM DA MINHA ALMA

E deixo também uma explicação mais completa de como o som da minha alma se originou em termos de Cultura Musical. É a canção "True" do Grupo Spandau Ballet.


"True" é uma música da banda inglesa da era new Romantic chamada Spandau Ballet, cujo single composto em 1983, foi e continua sendo um sucesso retumbante. Escrita pelo guitarrista Gary Kemp, True é uma das principais músicas do excelente álbum, "True" e que foi responsável por deixar a banda Spandau Ballet na "crista da onda".


A história conta que Gary estava procurando uma ideia para escrever uma balada, mas não queria uma melodia simples e vaga.



Spandau Ballet em duas ocasiões de sua carreira

O que ele sonhava era fazer uma música como as deixadas por Marvin Gaye ou Al Green, o que , aliás é até mencionado em um trecho da letra de True, que eles ouviam Marvin.


Um dia deitado em sua cama, assistindo TV e rasgando seu violão, alcançou a melodia que mais tarde daria vida musical a "True". Imediatamente telefonou para seu irmão Martin, baixista da banda e reunindo-se, criaram a letra da música inspirando-se no amor verdadeiro entre as pessoas , uma vez que o Gary sofria na ocasião por um amor não correspondido.

O guitarrista também disse que foi influenciado pelo livro Lolita, que é um romance de 1955 escrito por Vladimir Nabokov (uma história polêmica, triste e melancólica). Mesmo diante das inspirações tristes, a canção é dotada de uma energia inigualável, inabalável e potencialmente bela! Essa edição é o som da minha alma! E qual é o som da sua? 
 
 


⏩ Aproveite e inscreva-se no Meu Canal! 
Já somos 97 mil amigos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário! Você é muito bem-vindo (a)!

Acompanhe-me no Instagram